quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Nova categoria de post: ESTILISTAS

"Hoje, sexta-feira 13, vou inaugurar uma categoria de post que abordará as obras fantásticas de alguns estilistas..." Na verdade, começava assim o post que estava escrevendo semana passada e que ia postar na sexta, mas minha coluna me impediu de ficar mais alguns minutos sentada escrevendo, pois passei a semana passada toda treinando no corel na frente do computador e esquecia da hora. Resultado: desde sexta à noite dor na coluna! Beleza, hein!?


Mas aí vai!

O motivo desta nova categoria de post é bem simples, tenho muita curiosidade para saber como esse povo explode por aí, melhor dizendo, sei que todos eles ralaram muito para ter um nome de peso e participarem de muitos circuitos de moda mundo afora, mas quando eles 'surgem' já trazem uma mega bagagem, sabem muito, e fazem coisas lindas.
O que queria mesmo era chegar perto de cada uma dessas pessoas que só vejo nas revistas, programas de televisão e fazer mil perguntas, tirar muitas dúvidas e, quem sabe, pedir um emprego, né?! Estágio já era de bom tamanho. Não ia me custar nada não é verdade?, pois como diz uma amiga minha, "NÃO eu já teria, o máximo que podia acontecer era eu receber um SIM". Que delícia seria?!?!?
E o que perguntaria pra eles?

De onde eles surgem?
Como eles conseguiram chegar onde chegaram?
O quanto ralaram?
Qual foi a origem disso tudo? Inspiração na mãe, avó ou simplesmente nasceram com esse dom?
Sempre tiveram a certeza de que moda era o caminho ou seguiram outras estradas antes?
Tiveram afeição à primeira vista pela máquina de costura, pelo desenho, modelagem, .....?
Quebraram a cabeça para descobrir como se começa um molde (como eu estou quebrando a minha hoje)?


Enfim, são muitas perguntas sem respostas, porque o que sabemos é o que o Mr. Google nos oferece, fora algumas entrevistas concedidas por eles.

Então, enquanto não tenho a sorte de chegar perto de um, vamos ao que consegui descobrir do estilista estreante aqui no blog.



E o estreante é o estilista paulistano, autodidata (que sorte!), super novo (ele é de 1975) e tem feito trabalhos maravilhosos por aí, falo de SAMUEL CIRNANSCK, que está no ramo há pouco mais de 10 anos e já mostrou seu talento em vários projetos de moda mundo afora, desde o Phytoervas Fashion, precursor do SPFW, (Phytoervas Fashion teve início em 1993); participou também do Miami Fashion Week - o que proporcionou a entrada de suas roupas em Nova York.


E o que lhe abriu as portas para o mercado norte-americano foi seu primeiro desfile no Projeto Lab na Semana de Criadores em 2000.

Participou também do circuito Amni Hot Spot - espécie de hall de entrada para o SPFW - o que, para ele, aconteceu em 2005.
Desde 1999 tem sua marca própria, inicialmente confeccionando peças exclusivas para a loja Doc Dog, mas desde 2004 tem sua própria loja.
Descobri também que ele começou como assitente de figurino de peça de ópera com o produtor Pazzeto.
Deve ser daí que ele tira boa parte das inspirações de suas coleções, absolutamente fantásticas.
Vi algumas fotos de suas produções no início da carreira, com peças bem diferentes do que ele propõe hoje em dia.
Por exemplo, na coleção de inv/2002 a inspiração de Cirnansck foi em elementos da natureza com modelos representando mulheres poderosas e guerreiras. E fez uso de peles verdadeiras de animais. Confesso que não me encheu os olhos, mas tudo contribuiu para o que hoje ele apresenta com muito brilhantismo.



Já no verão/2003 Cirnansck propõe um romantismo às avessas usando seda, renda, bordados conjugados com jeans. Bem mais leve do que a coleção passada.






Mais um pouquinho:


Doutor em moulage (técnica francesa de modelagem em que a criação é feita diretamente sobre o manequim, um boneco ou mesmo uma pessoa - como fazia Chanel) Samuel começou confeccionando camisas descoladas para amigos e também vendendo roupas em bazares de jovens estilistas.



Tem um curso incompleto de moda no Anhembi-Morumbi, mas prefeiru sair e fazer cursos livres de modelagem e história da moda!

Além de tudo isso Samuel usa muito as mãos. Com a técnica handmade faz vestidos maravilhosos bordados. Suas peças chegam a ser verdadeiras obras de arte!



Samuel Cirnansck hoje:



Inverno 2008 - inspiração na aristocracia britânica. Viu-se a presença marcante do xadrez escocês, roupas de montaria e de caçada.




Aqui embaixo o que, para mim, é a melhor coleção de Samuel, verão 2008-2009. Com inspiração no rococó do século XVIII, do exagero. Ele trouxe bordados, rendas, e muito romantismo.


Perfeita esta coleção! E os tons em bege? E a decoração da passarela era um jardim francês.


OBS: A noiva da foto acima (fotinho do meio) faz parte da coleção de inv/2008. Coloquei na coleção de verão por engano!



Uma mais linda que a outra, não é? É um verdadeiro encanto essa coleção!





Esse é o vestido pelo qual me apaixonei com as 'obras' de Samuel e quis saber mais sobre o criador! Olhem a delicadeza da peça!








O inverno/2009 Samuel se inspirou no ballet russo e nos unoformes militares russos. Levou neve para a passarela.


Aqui embaixo o desfile do verão 2009/2010 em que o estilista se baseou na história de uma dama da sociedade de Havana, Aleida Averhaff de la Riva. Sua neta, a cantora Marina de la Riva desfilou junto às modelos num vestido floral deslumbrante.

Houve influências dos anos 40, do guarda-roupa masculino, uniformes militares (Samuel parace gostar de trazer para suas coleções uniformes militares) e navy.







Samuel Cirnansck é também muito conhecido por confeccionar vestidos de noivas e madrinhas de casamento.
Inova na confecção ao propôr outra cor que não o branco. Usa tons que lembram o branco, a exemplo do branco azulado que dá como opção às noivas!

Quem não se lembra do vestido de casamento de Juliana Paes? Obra do estilista, que deu de presente o vestido pós festa! MA-RA-VI-LHO-SO!


Vestiu também Débora Secco na novela A Favorita


Sua obra também esteve em Cannes com Grazi Massafera!








É isso!
Pesquisa feita em diversos sites: Portais da moda; Erika Palomino; Lilian Pacce, Folha on line(almanaque).


Love
Carolina





11 comentários:

Marcele disse...

Anininhaa..
massa a invenção née?
mas vou te confessar uma coisa..
eu perco total o humor se meu pe tiver doendo.. isso aki no Brasil, seria uma gloria pra mim!

^^
beijos.
que bom que gostou do post!

beijos!

andrea - vanguarda disse...

oi,
parabéns, post muito unformativo.
abraços

Dani disse...

Oi Ana. Achei o post muito interessante. Como é bom saber detalhes dessas pessoas tão brilhantes. Adorei.
beijinhos
Dani

Raphaella Avena disse...

Olá Carol!
Que lindaa, obrigada pela visita e também adorei o seu blog! Muito completo e cheio de dicas ótimas!
Fiquei fã!!

Um beijo da Avena

www.raphaellaavena.com.br

Luciana S. disse...

Ele foi muito feliz naquele vestido que a Grazi usou em Cannes. Ele é um luxo e tem leveza e permite uma desenvoltura melhor de quem usa. Ha vestidos de gala que as pessoas parecem estar carregando um fardo, de tao apertados ou pesados. PERFEITO!

NatiLopes disse...

adorei ana!! acho os vestidos dele fantastico!!!!! um mais lindo que o ooutro!!!!!! =)

parabens pela nova tag, vai arrasar!!!! beijosss

Dany Braga disse...

uau! amei o post! Super detalhado. Eu adoro o Samuel. beijos querida! Dany

Ana Carolina disse...

Meninas tb adoro o Samuel e as obras que ele faz! Um mais lindo que o outro!
Às novas aqui sejam bem-vindas!
Obrigada pelos comentários!

Bjs em todas

Bia Galvão disse...

Oi Ana, nossa adorei seu novo quadro! É muito legal conhcermos mais a fundo os estilistas que tanto apreciamos e adoramos o trabalho.
Nossa, estou me sentindo tão abandonada lá no blog esses dias que sorri com seu comentário,rsrsrsrs. bjinhos querida

expresso moda disse...

Ana,adorei o post...tô com uma vontade de fazer um curso de moulage!


bjs!

bel disse...

adorei a ideia!e o post está super bem feito.engraçado, que conhecia a obra do Samuel, claro nos SPFW da vida, mas não conhecia o rosto do estilista!ele é mestre nessa arte bourdoir e romantica!